≡ Menu

Como nasceu a Megacombo

A história da Megacombo se mistura com minha história pessoal.

Antes de mais nada, uma rápida apresentação: me chamo Fabrício Stefani Peruzzo e sou formado em Informática pela PUC-RS. Fui sócio de algumas empresas que atuam com produtos e serviços de informática, na internet, educação financeira e investimentos. Sou filho de economista e ávido leitor de toda informação sobre investimento e finanças. Mantenho ainda um site com diversos artigos com o objetivo de ajudar as pessoas na busca da independência financeira, o Informativo Moeda Corrente. Mantenho a Sociedade do Imóvel, o ponto de encontro dos investidores imobiliários. Sou escritor, autor do livro Amigo Rico. Por fim, sou sócio de uma empresa de investimentos na construção de imóveis para venda e aluguel que pode ajudá-lo a iniciar nesta modalidade de investimento.

Em abril de 2002 frequentava o curso técnico em Transações Imobiliárias (o curso que forma corretores de imóveis). Nesta época uma colega de aula tentava me vender um plano de consórcios da Rodobens. Nunca tinha feito um consórcio antes, mas lembrava de ter ouvido várias histórias no passado. Histórias de amigos que perderam dinheiro com administradoras falidas. Histórias de aumentos absurdos de consórcios atrelados ao dólar…

O começo

Não sou homem de histórias. Comecei a pesquisar e descobri que a Rodobens é a administradora mais bem cotada no ranking do Banco Central. Que naquele ano havia entregue dez vezes mais imóveis que a administradora que estava em segundo lugar. Descobri ainda que por ter abrangência nacional os grupos dela praticamente não sofriam com a inadimplência dos consorciados. Caso alguém fique inadimplente eles conseguem repor novos consorciados com grande agilidade.

Desta forma adquiri meus dois primeiros consórcios. Dois meses depois adquiri mais dois. Todos eles de R$ 25.000 cada um, o menor valor disponível na época. Apenas seis meses depois de ter começado a investir consegui minha primeira contemplação. E que contemplação, porque foram sorteadas duas cartas de uma só vez. Havia pago até então R$ 2.392 em cada carta. Contemplei as duas cartas através de um lance fixo de 36 prestações. Foram R$ 8.394 de lance para cada carta. Consegui vender em duas semanas, e tive um lucro de R$ 1.824 em cada uma das cartas. Tive 76% de lucro em cada carta. Em apenas 6 meses. Isso é mais de 12% ao mês! O investimento funcionava! Estava devidamente comprovado. Cinco meses depois contemplei uma nova carta que fiz logo depois de ter vendido as duas primeiras. Havia pago apenas R$ 1.190 nesta carta. Contemplei no sorteio! Vendi em apenas 2 dias com um lucro de R$ 6.810. Foram absurdos 572% de lucro!!! Mesmo dependendo da sorte adorei a sensação de ter multiplicado meu dinheiro mais de 5 vezes.

O famoso artigo que escrevi explicando este tipo de investimento

Após comprovado o funcionamento deste investimento escrevi um pequeno artigo explicando o que estava fazendo. Publiquei no site do Informativo Moeda Corrente. Havia criado este site em 2002 com o objetivo de escrever pequenos artigos sobre investimentos e resenhas de livros sobre este assunto. Mas o artigo sobre os consórcios logo tomou conta do site. A quantidade de visitas aumentou mais de vinte vezes em poucos meses. Desde então atualizei o artigo diversas vezes, sendo que hoje a informação mais atual é a que está publicada no novo site http://www.investimentoemconsorcio.com.br.

Mais uma fonte de renda

Passados uns nove meses da publicação do artigo já havia indicado mais de 20 amigos para a vendedora que me atendia. Certo dia ela ligou pedindo minha conta bancária. E desde então passei a receber comissão sobre as indicações que fazia. Recebia 0,5% sobre o valor da carta. Em um consórcio de R$ 25.000 (o menor na época) ganhava R$ 125.

Um ano e meio depois de ter começado a receber comissão pelas indicações resolvi calcular o quanto havia ganho com isso. O resultado fui uma enorme surpresa: ganhei em média R$ 1.280 por mês!!! Em alguns meses ganhava apenas R$ 125, R$ 250… Mas em outros havia ganho mais de R$ 2.000!!! Sempre acreditei muito em uma frase que li quando era menor: “ajude os outros a realizar seus sonhos e os teus também se realizarão“. A Bíblia diz isso de outra forma: diz que devemos dar antes de receber.

Isto tudo era muito engraçado para mim. Cresci achando que não sabia escrever direito. E justo um texto que escrevi começou a me trazer dinheiro. Acho que essa é uma das pequenas brincadeiras Do Chefe Lá de Cima…

Consultor especializado em consórcios

Nesta época havia me tornado uma espécie de consultor no uso de consórcios como investimento. Eu explicava pacientemente como tudo funcionava. Muitas vezes repetia nos e-mails o mesmo que já havia escrito no artigo, pois várias pessoas não liam o artigo com a devida atenção.

Como consequência deste trabalho acredito ter passado uma grande confiança para as pessoas. Nunca fiz uma venda. Sempre tentei mostrar como as coisas funcionavam para que a própria pessoa pudesse decidir. Aconselhei diversas pessoas a não fazer um consórcio quando notei que a situação particular delas não era adequada para este tipo de investimento naquele momento.

Independência e liberdade de fazer o certo

Como era (e ainda sou) proprietário de outras empresas, não precisava da comissão que ganhava com a indicação de novos investidores nos consórcios. Isto sempre me permitiu uma grande liberdade de indicar o melhor para cada interessado no investimento e não o que simplesmente me traria uma maior comissão. Para mim cada interessado nos consórcios é antes de tudo um amigo, depois um cliente. Esse ponto de vista me permitiu chegar até aqui. O melhor de tudo isso é a tranquilidade de deitar na cama sabendo que se ganhei, foi fazendo o melhor para alguém. Sabendo que se não fiz uma venda ganhei ainda mais: ganhei um novo amigo. E isto não tem comissão que pague!

Mas não pense que eu não gosto de ganhar dinheiro. A verdade é que descobri há muito tempo que a melhor de todas as vendas é aquela que é feita para quem realmente precisa do que estamos oferecendo. E que para as pessoas para as quais o produto que temos não é o mais adequado, não vender é a maneira de trazer o maior de todos os lucros: a confiança. Então tenha certeza de uma coisa, se o consórcio não for a melhor opção para você, eu serei o primeiro a dizer. Já fiz isso diversas vezes ao longo dos últimos anos e o retorno que obtive ao não fazer essas vendas eventuais foi ganhar um amigo que algum tempo depois me indicou um ou vários novos clientes que poderiam, estes sim, utilizar os consórcios em seu benefício.

A empresa dos sonhos

Em junho de 2005 o gerente comercial da Rodobens para a região sul naquela época, me ligou perguntando:

– Fabrício, sei que tu tens falado muito bem da Rodobens para vários amigos e muitos deles acabam adquirindo consórcios nossos. Tu não tens interesse em te tornar um representante nosso?

– Já sou sócio de algumas empresas. Abrir mais uma não seria problema algum. Me parece interessante. Quais seriam as vantagens para mim e para meus futuros clientes?

– Tendo tua própria empresa tu poderá ajudar teus amigos de forma mais completa, tendo acesso a dados estatísticos dos diversos grupos de que eles fazem parte. Assim, tanto o teu investimento quanto o deles poderá ser melhor gerenciado. Além, claro, de ganhar uma comissão sobre as vendas das novas cartas que tu indicares.

Queria fazer o que fazia melhor. Queria ser um consultor que ajuda as pessoas a encontrar o que funciona melhor para elas. Queria ser alguém que antes faz um amigo, depois cativa um cliente.

Como diz o Roberto Carlos:

“Eu quero apenas um vento forte
Levar meu barco pro rumo norte
E no caminho o que eu pescar

Quero dividir quando lá chegar

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar

Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar”

E assim nasceu a Megacombo Ltda. Minha própria representação da Rodobens Consórcios. Com a missão de ajudar as pessoas a realizar seus sonhos de formação de patrimônio, aquisição da casa própria e investimento do dinheiro com segurança. Estou aqui para te ajudar a viver uma vida tranquila e confortável.

Desde julho de 2008 o investimento em imóveis utilizando os consórcios é meu foco total. Invisto pessoalmente nisto desde 2002 e atualmente possuo uma empresa que permite que você também possa lucrar conosco. Saiba mais sobre isso acessando o site explicativo da Empresa de Investimentos Imobiliários.

Seja você também um dos nossos amigos. Venha cantar conosco!!!

Saiba porque adquirir suas cotas de consórcio através da Megacombo.